sexta-feira, 9 de março de 2007

TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL


Assim sendo, podemos dizer que a Tensão Pré-Menstrual (TPM) é um mal que atinge uma grande parte da população feminina. É um período leigamente muito conhecido como "aqueles dias" . Mas será que isso é normal? Será que todos os meses você precisa "sofrer", passar por isso? Com uma grande variedade de intensidade e de sintomas, a TPM acaba dependendo do estado emocional, físico e da idade da pacientes.

Muitos estudos vêem pesquisando sobre as eventuais causas da TPM e, até agora, pode-se afirmar simplesmente que sua causa principal se relaciona ao metabolismo próprio de cada paciente, aliado às mudanças hormonais à que elas estão sujeitas. Portanto, a tensão pré-menstrual (TPM) parece e ser um distúrbio relacionado ao desequilíbrio entre os dois principais hormônios femininos envolvidos na segunda fase do ciclo menstrual, isto é, após o período da ovulação e que precede a menstruação.

E, de fato, a TPM se apresenta-se de forma bastante semelhante à descrita para a depressão atípica, ou seja, com humor deprimido, reações excessivas à alterações do ambiente, hipersonia (muito sono), aumento do apetite com predileção por carboidratos, fadiga, sensibilidade à rejeição, ansiedade e irritabilidade. Além disso, outra evidência a favor da associação entre TPM e transtornos depressivos é o fato de que um dos tratamentos mais efetivos para controle dos sintomas pré-menstruais, é o uso de antidepressivos inibidores seletivos da recaptação de serotonina (Freeman, 2001).

Portanto, a Tensão Pré-Menstrual é um conjunto de alterações físicas e emocionais que certas mulheres apresentam nos dias que antecedem a menstruação. As principais alterações emocionais são o humor irritável, depressivo ou instável, podendo haver mudanças rápidas de atitude afetivas, como por exemplo, passar de chorosa para irritável abruptamente. Há ainda diminuição da tolerância com perda da paciência e crises de explosividade a qualquer momento. Do lado depressivo pode haver sensação de falta de energia, cansaço exagerado e dificuldades de concentração. Do lado físico, as principais alterações podem ser dores de cabeça, dores nas mamas, dores nas juntas, ganho de peso, sensação de estar inchada, insônia ou sonolência e alterações do apetite.


Sintomas


1. com predomínio de ansiedade e agressividade;

2. com predomínio de alterações afetivas, notadamente com sintomas depressivos.

3. com predomínio de queixas físicas resultantes de acúmulo e retenção de líquidos;

4. com predomínio de alterações alimentares, desde anorexia ou bulimia, ou mesmo alterações do apetite seletivo, como por exemplo, vontade de consumir doces.


3 comentários:

Ana Bastos disse...

Muito interessante.
xiiii... tpm é horrivel, eu k o diga este mês durou mais de uma semana (pensei k nunca mais acabava), mau humor, fome, inchaço...ou seja , mau estar geral, detesto.
Bjinhus e bom fim d semanita!!!!!!!

carlota disse...

Olá minha querida Mimi, eu detesto essa altura do mês, pois causa me alterações de humor, fico inchadita e pior fico com uma vontade louca por doces e devoro montes de gelatina

Desejo te um optimo fim de semana

mil jinhos

Anônimo disse...

O PIOR Q EU TENHO MUIO TPM!!!

Q SACO GAROTA!!!

TPM: Tente Pertubar Menos!!!
so pra descontrair hehe

bjs

TANY
http://meuemagrecimento-tany.blogspot.com/